A Câmara Municipal de Maceió realizou sessão solene nesta sexta-feira (11) para entrega de comendas e títulos de cidadão honorário e benemérito a nove personalidades que, cada um em sua área de atuação, têm feito a diferença por Maceió e Alagoas. As comendas e títulos foram propostos pela vereadora Tereza Nelma (PSDB) e aprovadas por todos os vereadores da Casa de Mário Guimarães. Os homenageados são dos segmentos de Segurança Pública, Saúde e Economia.

Na área de Saúde, o médico Paulo César Valões, que recebeu o Título de Cidadão Benemérito de Maceió e a Comenda Arthur Ramos. Já as enfermeiras Sandra Márcia Costa Pereira Lima, Maria Lucélia da Hora Sales e Josinete Marques da Silva receberam a Comenda enfermeira Noraci Pedrosa e o também médico José Aderbal Raposo recebeu a Comenda Francisca Tereza Soares Costa. No segmento Economia, os empresários André Graça Generoso Pereira e Cláudia Mortimer (in memoriam) e José Antônio Vieira – os três com o Título de Cidadão Honorário de Maceió. Por fim, da Segurança Pública, a delegada Luci Mônica Ribeiro Rabelo, que é natural de Sergipe, e também foi homenageada com o Título de Cidadã Honorária de Maceió.

Entrevistado pelo colega médico Drauzio Varela para o programa Fantástico da TV Globo pelos serviços prestados à medicina e à sociedade alagoana, Paulo César agradeceu a homenagem.

“Hoje é dia de agradecer a Deus pelo bem que sempre dá a minha vida como profissional médico. Agradecer também a vereadora Tereza Nelma pela lembrança. Sou um homem com pouca afinidade com as palavras. Eu prefiro a ação. Costumo dizer que ajudar pessoas é minha vocação, e não necessariamente tinha que ser como um médico. Poderia ser em qualquer outra área, contanto que eu pudesse ajudar ao meu próximo”, declarou Paulo César Valões, que tem trabalho de destaque como cirurgião em Alagoas.

Mineiro e proprietário do Divina Gula há mais de 30 anos em Maceió, André Generoso contou um pouco da história de sucesso do empreendimento ao lado da esposa Cláudia Mortimer, falecida recentemente.

“Vou falar de improviso porque minha vida sempre foi assim e nunca tracei uma linha para meu caminho. Tenho funcionários que há 28 anos estão comigo. Ser chef de cozinha não é quando você recebe um diploma, mas sim comandar uma equipe. As coisas na minha vida e de minha esposa foram acontecendo para podermos comprar o primeiro terreno no Stella Maris. Nosso país precisa que acreditemos no sonho e gere coisas novas. Também sou realizado em poder divulgar a nossa gastronomia do Nordeste. Com mais de 100 funcionários, eu sempre dizia para Cláudia, que o Divina Gula não é mais nosso, é um bem social. Por fim, agradeço a homenagem que recebemos da vereadora Tereza Nelma e da Câmara de Maceió”, afirmou André Generoso.

Representando a Segurança Pública, a sergipana e delegada Luci Mônica também utilizou a tribuna da Casa de Mário Guimarães para falar sobre o título que recebeu nesta sexta-feira.

“Sinto-me honrada por esse título, que é um dos mais importantes da minha vida porque sonho com esse momento desde que pisei em Maceió há 15 anos. Quando assumi a função de delegada, me foram oferecidas opções para morar em Penedo e Arapiraca, porque eram mais próximos de Aracaju, onde nasci. Mas eu não hesitei e disse que queria ficar em Maceió. Sempre me senti maceioense e alagoana porque sempre fui tratada com carinho e muita atenção pelo povo bom desta terra. Dessa forma, não tenho palavras para dizer o quanto sou grata também à vereadora Tereza Nelma por me proporcionar este momento”, declarou a integrante da Polícia Civil alagoana.

A autora da iniciativa nesta sexta-feira explicou o que a levou a propor a entrega de comendas e títulos de cidadão maceioense às nove personalidades nas três áreas de atuação.

“Cada uma das pessoas que hoje homenageamos tem dado sua participação muito especial em nossa sociedade. Nenhuma delas está aqui ou recebeu o reconhecimento de Maceió por acaso. Por isso, me sinto mais uma vez muito grata por poder, com a aprovação dos meus colegas vereadores, entregar comendas e dar títulos de cidadão honorário de Maceió a profissionais de tamanha importância para Maceió e Alagoas”, disse Tereza Nelma.