PORTAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE MACEIÓ

09/08/2017

Vereadora representa Maceió em evento sobre situação do zika vírus

Tereza Nelma foi designada pela Câmara para participar de feira que acontece em Salvador (BA) até esta quinta


Vereadora representa Maceió em evento sobre situação do zika vírus

A vereadora Tereza Nelma (PSDB) representa Maceió na etapa Nordeste da Feira de Soluções para a Saúde Zika, que ocorre até esta quinta-feira, em Salvador (BA). O evento é promovido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a Organização Mundial de Saúde (OMS), e foi aberto no último dia 8. Durante o encontro, especialistas apresentam os avanços, inovações científicas e médicas utilizadas na prevenção, acompanhamento e tratamento do zika vírus e das demais doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, tais como dengue e Chikungunya.

A parlamentar foi designada para representar o município no evento, a convite do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

A feira de Salvador é a primeira de uma série de cinco – cada uma realizada em uma região do País, e reúne pesquisadores, instituições dos setores público e privado e movimentos sociais interessados e comprometidos com o combate às doenças transmitidas pelo Aedes.

A infecção pelo vírus zika e, principalmente, as manifestações neurológicas relacionadas a ele, formam um quadro bastante complexo e ainda obscuro. Vários aspectos são completamente novos, a exemplo de sua rápida expansão e seus efeitos neurológicos graves, como a Síndrome Congênita do Zika, a Síndrome de Guillain-Barré e possivelmente outras ainda desconhecidas.

Em Alagoas, dados do grupo ANIS - Instituto da Bioética, revelam que a maioria das mulheres vítimas da epidemia de zika são jovens, negras ou indígenas, pouco escolarizadas e desempregadas. Três em cada quatro delas vivenciaram a primeira gravidez ainda na adolescência. Além disso, quase todas são totalmente dependentes da saúde pública, assistência social e educação para cuidar de si e dos filhos afetados pela síndrome.

“O quadro em Alagoas é assustador, por isso precisamos buscar toda e qualquer alternativa de minimizar essa triste realidade em todo o Nordeste. Não sabemos como será o comportamento dessas doenças no futuro, por isso temos que nos preparar desde já e nos blindar de todas as maneiras, sem deixar de oferecer assistência total necessária a todos aqueles que já foram atingidos pelo vírus de alguma forma”, afirmou Tereza Nelma.

CONFERÊNCIA - Após a participação na feira em Salvador, a vereadora viaja para integrar a Conferência Nacional de Governadoras, Prefeitas e Primeiras-Damas que acontece em São Paulo nesta quinta-feira (10) e tem como objetivo elaborar estratégias de enfrentamento do câncer na mulher.

Dados apontam que apenas nos sete primeiros meses de 2017, cerca de 300 mil novos diagnósticos foram confirmados. Diante dessa realidade, a Federação Nacional de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama convidou lideranças femininas de todo o País para participarem dessa ação.