PORTAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE MACEIÓ

17/05/2017

Câmara recebe Sindpol para discutir fechamento de delegacias distritais

Discussão acontece durante sessão ordinária desta quinta-feira e visa buscar alternativas para a medida, já que atinge diretamente a população da periferia de Maceió


Câmara recebe Sindpol para discutir fechamento de delegacias distritais

Luciano Milano/Dicom

A Câmara Municipal de Maceió vai receber, durante a sessão ordinária desta quinta-feira (18), o Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol). Os agentes de segurança pública do Estado solicitaram ao vereador e presidente da Casa, Kelmann Vieira (PSDB), que também é delegado de polícia, uma reunião com os parlamentares da Capital. Eles querem discutir um projeto em andamento, do governo de Alagoas, que determina o fechamento das delegacias distritais durante a noite. Uma medida que afeta diretamente, a população das áreas mais carentes de Maceió.

As sessões de quintas-feiras são destinadas, também, para que categorias e sociedade em geral falem diretamente com os vereadores sobre seus problemas e busquem soluções.

O assunto do fechamento de delegacias no período da noite em Alagoas foi levantado por Kelmann Vieira quando da discussão de um requerimento de autoria do vereador Silvânio Barbosa (PMDB), que solicita a reforma geral do 8º Distrito Policial, localizado na Avenida Norma Pimentel Costa, no Benedito Bentes, próximo à Unidade de Saúde Hamilton Falcão.

“É bastante oportuno que o assunto de reforma do 8º Distrito no Benedito Bentes, vereador Silvânio Barbosa, porque fui procurado pelo Sindpol para que pudéssemos abrir espaço, na sessão desta quinta-feira, como fazemos em geral, para que eles possam vir aqui e dizer o que pensam a respeito da determinação do governo do Estado para fechar delegacias distritais em Alagoas. Claro, que esse é um assunto em nível estadual, que não podemos legislar, mas também diz respeito a Maceió, e isso nos preocupa bastante porque vai afetar diretamente a população, sobretudo, naquelas áreas onde os índices de violências são mais altos. A Polícia Civil, instituição que também faço parte, vive um momento muito difícil de enfraquecimento. Também há um processo de militarização da segurança pública e precisamos entender os motivos de tudo isso. Quando estava como delegado, firmei muitas parcerias com a PM, e não tenho nada contra aos colegas de segurança pública. Mas, o assunto é pertinente e espero contar com todos os vereadores aqui na sessão desta quinta-feira “, declarou Kelmann Vieira.

O discurso do presidente da Casa foi complementado por um dos vereadores de oposição, Ronaldo Luz (PMDB). “Presidente Kelmann, é oportuna a discussão. Mas, além do Sindpol, creio que é necessário que o secretário de Segurança Pública pudesse vir aqui para também explicar o que está acontecendo com a intenção de fechar delegacias no período da noite e outras questões a respeito da pasta”, disse Luz.

ORDEM DO DIA – Além do requerimento de Silvânio Barbosa, os vereadores discutiram e votaram projetos de lei como o que institui o ‘janeiro branco’, mês que passa a ser dedicado à conscientização sobre a saúde mental em Maceió, aprovado em primeira discussão.
Já entre as indicações, solicitação de visita e acompanhamento aos moradores de rua do Mercado do Benedito Bentes, aprovado em discussão única, de autoria do vereador Siderlane Mendonça (PEN). Entre os requerimentos, sugestão ao Poder Executivo para serviço de manutenção e limpeza na rua Augusto Barreto, em Bebedouro, no Flexal de Baixo, de autoria do vereador Francisco Sales (PPL).